domingo, 10 de outubro de 2010

You are the only exception, You are the only exception ♫

- Até que a gente chegou em uma praçinha, e eu sentei em um banquinho, fazia algum tempo que a gente não vinha nesse lugar, ele sentou do meu lado e me abraçou, e pediu para que eu não olhasse para ele por enquanto, e então eu me afundei no seu peito, e fiquei observando uns senhores sentados, algumas crianças brincando, uma garota sozinha, e um casal de idosos de mãos dadas caminhando, quando vi o casal, meu coração se encheu de esperanças, porque eu me via assim, e nesse momento não via outro alguém comigo a não ser ele. E então ele começou a cantar, e o vento forte estava deixando aquele momento mais perfeito, e ele continuou cantando pra mim, com o inglês meio errado, You are the only exception, You are the only exception ♫
(...)
 

E naquele momento eu me apaixonei por ele de novo, me apaixonei por mais uns 300 anos á frente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário